Projeto Educativo

Laboratório Sala de Aula Sala de Aula Laboratório Creche Creche Creche
Laboratório Sala de Aula Sala de Aula Laboratório Creche Creche Creche

Ao escrever este projeto, tivemos consciência de estar a empreender uma tarefa simultaneamente modesta e ambiciosa. Modesta, porque se trata apenas de uma rápida visão de conjunto do nosso projeto e dos seus objetivos; ambiciosa, por querermos sucintamente caracterizar um projeto em desenvolvimento por uma equipa de agentes de educação envolvida na mesma Acão educativa, esforçando-se na cooperação e na corresponsabilidade para promover o direito a uma efetiva igualdade de oportunidades de sucesso, em função das características dos alunos que recebemos.

É um documento orientador para toda comunidade educativa e pretende ser tão somente um reflexo das metodologias, princípios e opções que norteiam a catividade do Centro de Educação Integral. Para o Centro de Educação Integral este projeto é a sua própria identidade.

A construção deste Projecto Educativo exige o reconhecimento da autonomia efetiva da escola e dos docentes, para gerirmos um currículo adequado às necessidades pessoais e sociais. Integramos as aprendizagens nucleares, definidas a nível nacional, mas desenvolvemos outras áreas e temas dos programas de acordo com a realidade da comunidade educativa onde nos inserimos.

No Centro de Educação Integral pretendemos abarcar não só os vários níveis de ensino, mas constituir também uma resposta de qualidade às muitas e complexas necessidades educativas da população desta região. Vivemos no tempo da formação contínua, da atualização permanente, da flexibilidade curricular e da versatilidade das respostas educativas. Nesse sentido, garantimos as necessidades básicas do ensino e o salto qualitativo de modo a estarmos aptos a equacionar as catuais necessidades educativas e formativas dos cidadãos.


Como Crescemos 

"Pelo sonho é que vamos..." - Sebastião da Gama

O Centro de Educação Integral é um estabelecimento particular a funcionar em regime de paralelismo e autonomia pedagógica, de acordo com as normas estabelecidas pelo Ministério de Educação. Localiza-se na zona Sul/Nascente de S. João da Madeira e está implantado num espaço com 36000 m2, constituído por edifícios, relvado e mata. Atualmente, existem 3 edifícios que ocupam 3500 m2 de área coberta destinados a aulas, espaços polivalentes e desportivos. A área descoberta destinada ao desporto ocupa cerca de 2500 m2. Todo o restante espaço verde é socioeducativo, privilegiando tempos de convívio e de aprendizagem. O catual estabelecimento de ensino começou por funcionar através da autorização concedida ao “Pequeno Príncipe” que foi inaugurado em Setembro de 1988 e que abrangia apenas o ensino pré-escolar e o 1º Ciclo. 

Começando apenas com 15 alunos rapidamente se concretizou um crescimento bastante significativo atingindo a população escolar em 1991 os 230 alunos. Houve então necessidade de alargar as instalações existentes, sendo adquirido para tal, o “Jardim do Sol”. A credibilidade do Pequeno Príncipe deu garantias para avançar com o projeto que sempre lhe esteve subjacente: o Centro de Ensino Integral, que abriu as suas portas a 5 de Setembro de 1992, abrangendo nessa altura também o 2º e o 3º ciclos do ensino básico. O novo complexo educativo passou a ter novas infraestruturas necessárias para alcançar a tão desejada educação personalizada e integral; daí o nome de Centro de Educação Integral que atualmente possui. Educação é um termo que traduz melhor os objetivos do projeto. A população estudantil catual ronda os 400 alunos distribuídos pela Educação Pré-Primária, Ensino Básico e Ensino Secundário (iniciado em Setembro de 1996). 

Com o decorrer do tempo, garantimos um quadro estável de professores com elevado nível de preparação para a docência - quer em termos de habilitações académicas quer de habilitações profissionais - verificando-se também um justo equilíbrio entre experiência e renovação. A importância dada, no cato educativo, às catividades extracurriculares tem tido reflexo no aumento significativo do pessoal auxiliar.


Missão e Visão

1. Uma escola para o futuro numa sociedade em mudança:

“Deus quer, o homem sonha, a obra nasce", Fernando Pessoa

No início do séc. XXI, a sociedade caracteriza-se pela transformação contínua e acelerada das estruturas sociais e económicas, sendo a investigação, a tecnologia e a comunicação os grandes contributos para este processo. Esta situação leva-nos a repensar a Escola. Que Escola queremos? Que contributos vão dar a Família e a Sociedade absorvidas neste ritmo acelerado de trabalho, onde as exigências profissionais são cada vez maiores e o distanciamento/rutura com os membros familiares acontecem a todo o momento? Hoje, inseridos numa sociedade em permanente mudança no aspeto afetivo, económico e cultural, fazemos o propósito de, com este Projeto Educativo, contribuir para que o Centro de Educação Integral desperte para a construção de uma sociedade jovem, nova, rica de valores culturais, humanos e sociais, pautando-se pela firmeza e humanidade, com justiça e abertura, com clareza de princípios que evitem equívocos a todos quantos o querem frequentar. Somos uma estrutura viva, confiante, responsável e credível, porque sabemos que educar visa o futuro. Logo, a educação deve ser prospetiva em relação ao adulto de amanhã e não apenas em relação ao aluno de hoje; por isso, temos sempre presente que hoje temos de ver amanhã. É este o caminho da nossa escola!


2. A nossa escola é família e comunidade:

"É urgente construir o Amor", Eugénio de Andrade

Podemos afirmar que, se educar nunca foi fácil, hoje é bastante mais difícil, pois a educação atual quer-se muito mais personalizada e o stress a que todos estamos sujeitos nem sempre deixa tempo suficiente para os pais brincarem com os filhos, e os professores conviverem com os alunos fora da sala de aula ou realizarem aquele passeio pela mata que se vê da janela...A nossa Escola é por excelência o prolongamento do meio familiar do aluno. Ela torna-se a casa do aluno, local onde predominam o bem-estar, a harmonia, o gosto e o prazer de viver. Damos muita atenção à relação da Família com a Escola e apostamos principalmente no acompanhamento direto dos alunos, com base num diálogo franco e aberto. Fomentamos a organização de encontros e de debates sobre problemas inerentes à educação. Esperamos que os pais e encarregados de educação estejam recetivos à formação dada, de modo a melhor acompanhar o percurso do seu educando - nas diversas fases etárias - de uma forma mais atenta e solidária. Cabe aos pais/educadores a responsabilidade de, conjuntamente com a escola, orientar os seus educandos para um futuro cada vez mais incerto, competitivo e exigente. Educação escolar e educação familiar andarão a par, ativando-se mutuamente.

Por tudo isto, é realmente necessário criar e aprofundar uma informação e um acordo mútuo regular. Em todo o processo educativo deve haver contactos entre os Pais e a Escola, que não deveriam ser esporádicos e apenas quando ocorrem problemas do foro disciplinar ou de aprendizagem. Se assim for, Pais e Escola encontram vantagens nesta cooperação, o trabalho da Escola melhora e a educação das crianças e dos jovens é mais valorizada. Somos uma Escola aberta e atuante em relação ao meio e à sociedade. Alargamos a ação da escola a todo o meio, indo ao encontro de carências inerentes à região. Assim, continuaremos a estabelecer contactos com o sector empresarial, industrial e comercial da região, com associações culturais e recreativas, clubes, outras escolas, personalidades, autarquias, que resultem na troca de experiências, no intercâmbio de atividades, no estabelecimento de protocolos de colaboração. Queremos que as relações com a comunidade tenham duplo sentido: quer do meio para a escola quer desta para o meio. A Escola terá as portas abertas para a realização de encontros, seminários, debates, jornadas, colóquios, para crescermos em conjunto.


3. A certeza da Missão e Visão

Ao inscreverem os seus educandos na nossa escola, os Pais ou os Encarregados de Educação, manifestam uma atitude de aceitação e de confiança no nosso Projeto Educativo e nos valores e ideais que o caracterizam.

O CEI proporciona uma formação eclética através de um leque ajustado de atividades que contribuirão para um desenvolvimento equilibrado e harmonioso. Apresenta uma equipa pedagógica estável, experiente, atenta e de espírito inovador. Aposta na interação Família/Escola promovendo a corresponsabilização de ambas na educação das crianças e dos jovens e na promoção do seu bem-estar. Propõe aprendizagens que se estendem para além das fronteiras de cada ciclo. A transição é devidamente preparada e cuidada, para se evitar a angústia da mudança e a perda de informações importantíssimas. Avalia constantemente as suas atividades no sentido de melhorar a qualidade dos serviços que presta. Disponibiliza espaços e materiais adequados, seguros e saudáveis para ensinar, aprender e brincar. Preocupa-se seriamente com a segurança. Estabelece regras rígidas que promovam a disciplina, a responsabilidade, o respeito. Tem um ambiente familiar onde alunos e educadores se conhecem pelo próprio nome. É um projeto educativo válido e com qualidade. Oferece uma educação para a vida.


Finalidades

Uma educação para a vida", Joaquim A. Valente

Enunciam-se de seguida as grandes finalidades desta Instituição: 

• Formar integralmente os alunos de modo a prepará-los para participarem de forma ativa e plena na sociedade;
• Apostar em práticas educativas centradas nos alunos, diversificadas e que atendam aos interesses, necessidades e ritmos individuais de aprendizagem;
• Respeitar a personalidade de cada educando, valorizando a sua identidade e promovendo o desenvolvimento da autoestima e da autoconfiança;
• Dar prioridade à participação da família na escola;
• Realçar os valores democráticos da convivência, da reciprocidade e do respeito pela dignidade humana;
• Promover uma avaliação rigorosa e construtiva em todas as vertentes desta Instituição.

 

Avaliação

O Projeto Educativo do CEI é operacionalizado através do Projeto Curricular de Escola delineado para cada ano letivo. Desta forma, e através da avaliação do Projeto Curricular de Escola nas reuniões finais de avaliação de cada ano letivo, também o Projeto Educativo podera ser alvo de melhorias mediante as conclusões a que chegaram.